1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

FIES 2017 – Fique ligado nas novas regras!

O Fundo de Financiamento Estudantil do Ensino Superior, também conhecido como FIES, pode ser uma porta de entrada para a faculdade para aquelas pessoas que não tem condições financeiras de arcar com as mensalidades de uma instituição privada. O FIES é um programa do Governo Federal. O FIES foi implantado através do Ministério da Educação (MEC), em 1999. O objetivo do programa é financiar as mensalidades dos cursos de graduação para pessoas de baixa renda e que estão matriculadas em uma universidade privada.

Fies 2017

Fies 2017. Imagem:divulgação

Para solicitar o financiamento é preciso preencher alguns pré-requisitos: ter realizado a prova do Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) no ano anterior; é preciso ter alcançado a nota média, igual ou superior do que 450 pontos na nota geral do exame e superior a zero na redação; por fim, o candidato deverá comprovar renda familiar bruta de até três salários mínimos.

Acesse e saiba mais informações: Calendário Fies 2017

O que é e como funciona o FIES?

O FIES é um financiamento estudantil que faz um empréstimo para que o aluno beneficiado possa pagar as mensalidades da faculdade. O pagamento do financiamento só começa a ser realizado depois de o aluno estar formado. Isso porque, segundo o governo, com uma graduação o beneficiário tem mais chances de conseguir se estabilizar financeiramente.

Inscrições Fies 2017

Inscrições Fies 2017. Imagem:divulgação

As inscrições para o FIES são realizadas exclusivamente pela internet, por meio do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES). O sistema está disponível no site do MEC e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Confira o passo a passo para solicitar o financiamento:

  1. Na primeira etapa o candidato precisa realizar a inscrição no Sistema de Seleção do FIES, que consiste em preencher informações como: CPF, data de nascimento, endereço de e-mail e cadastrar uma senha para acessar ao sistema. Terminando de preencher estas informações, o candidato receberá em seu e-mail confirmando o cadastro. A partir deste ponto o estudante deve acessar o FIES Seleção e realizar a inscrição informando os dados pessoais, do curso e da instituição em que está matriculado.
  2. O estudante pré-selecionado deverá acessar o SisFIES e efetivar a sua inscrição no prazo de até 5 dias corridos da divulgação da pré-seleção.
  3. Após concluir a inscrição no SisFIES o aluno tem o prazo de até 10 dias corridos para valida as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da sua instituição e ensino.
  4. Após a validação, o estudante deverá comparecer a um agente financeiro do FIES para formalizar a contratação do financiamento.

Acesse e saiba mais informações: Prouni 2017 – Inscrições, vagas e cursos

Qual a taxa de juros do FIES?

Em 2010 ocorrem algumas mudanças no programa. O Agente Operador do Programa para contratos formalizados a partir daquele período passou a ser o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Com isso, o percentual de financiamento subiu, podendo chegar ao valor integral e as inscrições passaram a ser feitas em fluxo contínuo, ou seja, os estudantes conseguiam solicitar o financiamento em qualquer período do ano.

Taxa de juros Fies 2017

Taxa de juros Fies 2017. Imagem:divulgação

A taxa de juros passou a ser de 3,4% com período de carência de 18 meses. O período de amortização passou a ser 3 vezes o período de duração do curso e mais 12 meses. Em outras palavras, se o seu curso tem uma duração de 5 anos, o seu financiamento será multiplicado por 3, totalizando 15 anos para você quitar o financiamento. O FIES é um dos programas de financiamento com os juros mais baixos do mercado, ficando em cerca de 6,5% ao ano.

Acesse e saiba mais informações: Resultado ENEM 2016 – Veja sua nota agora mesmo!

Quais são as regras do FIES?

Algumas regras foram alteradas para o programa. Veja a seguir quais foram as mudanças realizadas pelo governo:

O FIES prioriza a distribuição de vagas para os cursos da área da saúde, engenharia e licenciatura. Mais do que a metade das vagas são destinadas à essas áreas. Aqueles que já são formados em outro curso de nível superior podem participar do programa, se preencher todos os outros requisitos para se candidatar.

Com o Fies dá (Imagem: Divulgação)

Com o Fies dá (Imagem: Divulgação)

Um dos pré-requisitos do FIES é voltado para a renda familiar bruta. Antes o critério era de até 2,5 salários mínimos, agora o estudante pode se inscrever com até 3 salários mínimos.

A prioridade das vagas que antes era para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste agora passaram a ser por microrregião. Essa classificação é realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A distribuição de vagas funcionará a partir dos critérios: demando por ensino superior, demanda por financiamento estudantil e Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) por município.

Comente (será moderado)